quarta-feira, 21 de maio de 2014

EGOÍSTA

Se alguém lhe perguntasse se você é uma pessoa egoísta, qual seria sua resposta? Sim? Não? Depende? Depende do que? O egoísmo em nossa sociedade é visto como um defeito, uma marca que algumas pessoas têm. Não é bonito ser visto como egoísta, mas será que realmente sabemos o que é ser egoísta? Consultando a internet achei um conceito bem interessante, lá diz que o egoísta é uma pessoa que tem o hábito ou atitude de colocar-se sempre em primeiro lugar. O detalhe é que a definição diz que estas pessoas se colocam em detrimento dos outros, ou seja, não interessa o outro, mas apenas eu. E, para finalizar, a definição diz que o egoísmo é o contrário do altruísmo.


Se pensarmos nesta palavra partindo de sua definição talvez possamos ter um entendimento diferente. A palavra egoísmo vem de duas palavras latinas “ego”, que quer dizer eu e “ismo”, que quer dizer prática de. Então, segundo essa definição a palavra egoísmo pode ser traduzida como a prática do eu. Assim, quando estou a pensar em mim estou a praticar eu, ou seja, exercitar meu eu. Mas cada um de nós tem uma quantidade imensa de conteúdos que podem ser exercitados dentro de si.

Quando você sai pela manhã e vai caminhar, enquanto exercita o seu corpo, os benefícios que deseja para sua saúde podem ser considerados egoísmo? Quando você levanta cedo e só vai dormir tarde porque trabalha muito e quer ganhar bem, isso é egoísmo? Quando você se veste bem, cuida da aparência, lê bons livros e procura conhecer uma mulher bonita, inteligente que lhe faça feliz, isso é egoísmo? Quando entra num supermercado, compra bons produtos, procura o melhor para si, isso é egoísmo? Eu sei, alguns já estão de olho na palavra detrimento, dizendo que o egoísmo é pensar em mim em detrimento do outro.

Há um santo que dizia em seu tempo: “Tudo que eu tenho a mais do que eu preciso, não é meu”. É inevitável que enquanto eu ganhe bem, alguém ganhe mal, enquanto eu coma bem, alguém esteja comendo mal. Não há como evitar a desigualdade, uns com mais e outros com menos. O egoísmo é ou pode ser entendido como uma forma de se colocar como prioridade, coisa que muitas pessoas o fazem. E quem coloca o outro como prioridade, porque este não é errado? Por que isso não é feio?

No egoísmo ou exercício do eu, há uma parte da qual não se comenta. Pensem em pessoas que são muito boas, querem para si o melhor, mas estas pessoas acreditam que sua família faz parte delas. Nestes casos tudo o que elas conquistarem, provavelmente também será de sua família. É o caso do pai de família que é extremamente egoísta na empresa, porque ele é quatro. Quando ele pensa nele mesmo está pensando na esposa e mais dois filhos, o exercício do eu dele alimenta quatro pessoas.

Quando alguém exercita o seu egoísmo, devemos observar melhor o que essa pessoa anda exercitando e ainda, quem é ela. O eu de algumas pessoas são os seus amigos, o eu pode ser sua família, o eu pode ser a sua empresa. Então, quando pensarmos em egoísmo, seria interessante pensar antes em quem sou eu e o que eu estou exercitando. Meu egoísmo pode alimentar muita gente.
Por: Rosemiro A. Sefstrom Do site: http://rosemirosefstrom.blogspot.com.br/




Postar um comentário