segunda-feira, 7 de outubro de 2013

ENVELHECER

O que é envelhecer? De acordo com o dicionário e a internet, velho é algo que existe há muito tempo ou tem mais idade. Segundo a definição, envelhecer seria existir de modo a ter mais tempo de existência ou mais idade. Algo interessante é que a palavra “velho” foi se desgastando por diversos motivos e dizer que alguém está velho se tornou algo pejorativo. Atualmente, para evitar o uso dessa palavra para pessoas utiliza-se outra: idoso. Mas, de acordo com padrões estatísticos o idoso é uma pessoa que tem idade acima de 65 anos. Ainda para evitar chamar alguém de velho ou idoso, diz-se que a pessoa está na “melhor idade”. Enfim, essa troca de palavras é uma tradução fiel da mudança da condição de pessoas com mais idade ao longo do tempo.

Ao longo da história da humanidade envelhecer teve vários significados, entre os quais, adquirir experiência e tornar-se sábio. Ao longo do processo, quanto maior a distância entre a idade dos mais novos e dos mais velhos, obrigatoriamente maior era o respeito dos mais novos para com os mais velhos. É comum ainda hoje ouvir pessoas de mais idade dizerem: “No meu tempo, com o meu pai, era sim senhor, não senhor. Respeito era bom e preservava os dentes”. Essa era a tradução de um tempo em que envelhecer significava aquisição de respeito, ou seja, pelo simples fato de ter mais idade já se tinha mais autoridade. Nos tempos de hoje essa regra já não tem mais valor, são muitos os casos em que ser mais velho significa não ter valor, nem ser respeitado.

Mas o que será que significa envelhecer nos tempos atuais? Com certeza para cada um é diferente, mais do que nunca está na dependência do indivíduo construir o próprio envelhecimento. Nos dias de hoje se pode escolher como se quer passar o tempo, o que se vai fazer quando a idade for maior do que as pessoas em volta. Hoje são muitos os que optaram por envelhecer mais tarde, continuaram ativos nos locais de trabalho, na comunidade, com a família e até consigo mesmos. Outros tantos optaram por envelhecer mais cedo, pararam suas atividades e aos poucos foram se tornando obsoletos para si e para os outros. Veja, envelhecer tem a ver com diferença de tempo, e o tempo de diferença entre duas pessoas é o que as faz mais velhas ou mais novas.

Não é raro encontrar velhos de 20 anos de idade e jovens de 50, mas como pode isso? É simples, se a idade for medida pela atualidade de vida de cada um. Pense numa pessoa casada, estável, com trabalho regular, que já não tem mais expectativas, apenas conta os dias, perdeu a jovialidade. Não interessa a idade, alguém assim, envelheceu mais cedo, isso de acordo com os padrões atuais. Já uma pessoa que está em constante interação, se atualizando, buscando novos caminhos, ligada ao mundo, é jovem, não interessa a idade. Envelhecer, tornar-se obsoleto, é uma questão de opção. 

Como envelhecer? Ou melhor, a pergunta é, queremos envelhecer? Para muitos envelhecer é pior que a morte, muitas pessoas não esperavam que o tempo passasse, o tempo passou e elas ficaram para trás. Estas sim envelheceram. As pessoas que continuaram acompanhando o tempo e foram se transformando com ele continuaram novas, atuais. A idade física, o vigor físico, é provável que passe para todos, mas mesmo assim, determinar a juventude ou a velhice de alguém pelo corpo, é algo muito pobre. Não é a toa que está na moda jovens saindo com mulheres com maior idade.Será que encontraram nelas pessoas velhas? É da condição física humana envelhecer, mas não é obrigação tornar-se velho, obsoleto.
Por: Rosemiro A. Sefstrom   Do site www.filosofiaclinicasc.com.br 
Postar um comentário